“Uma vida de serviço à sociedade”

Aramis Brito Bezerra Junior, nasceu em 26 de novembro de 1964, na cidade de Itaguaí. Aos 53 anos, é casado com Flávia Brito e tem oito filhos. Pastor, escritor, professor, ativista político e com 25 anos de vida pública, é formado na Escola de Pastores de Niterói. Sempre interessado e envolvido com causas sociais, Aramis é cofundador do Seminário SETAV, no qual também ministrou aulas de espiritualidade e ética. No Seminário Escola de Pastores, ministrou aulas sobre ética e evangelismo…

Quem é Aramis Brito

Com mais de 25 anos de vida pública e um forte trabalho como ativista político, Aramis Brito é um ser político por sua própria natureza. Seja na vida religiosa, na pública, na social ou literária, este político, pastor, escritor e professor de Teologia encontra no diálogo sua principal marca para falar com a sociedade, buscando sempre interagir e interpretar o mundo de forma missionária.

Aliás, Aramis se vale do seu forte espírito missionário na luta pela cidadania plena, pela justiça, pelo bem comum e contra a corrupção. Graças a isso, tem a facilidade de propor o diálogo em todos os níveis, dos amigos aos adversários políticos.

“Tenho como objetivo fazer um trabalho missionário, pois este espírito está entranhado na minha vida, e isso não sai de mim”, diz.

Filho de um pai comerciante e mãe escrivã de cartório, é casado há 24 anos com Flávia Brito, e tem oito filhos – de um lado e do outro, e os agregados, como o casal costuma falar – Caio, Fabian, Ana Lídia, Fernanda, Teo Elias, Diana, Cristiano e Josy.

Outro traço marcante dessa longa jornada de Aramis é a questão social, como mostram os projetos sociais que idealizou e fundou em Itaguaí, e o trabalho revolucionário que fez, em 2015, quando comandou a Secretaria de Assistência Social da cidade, que culminou com a recuperação moral e estrutural desse órgão.

Outro exemplo foi sua atuação como embaixador da World Vision (Visão Mundial), uma organização não-governamental internacional com presença em 120 países, que trabalha com crianças e adolescentes de área de risco e pobreza extrema.

O domínio da palavra e a facilidade de comunicação também abriu espaço para Aramis atuar com palestras motivacionais e de desenvolvimento humano na Rede Globo. Também palestrou e realizou oficinas didáticas sobre violência, drogas e desenvolvimento humano em escolas estaduais do Rio de Janeiro.

Com o dom da palavra nas veias, Aramis também tem na literatura mais um canal para expressar suas ideias e pensamentos como escritor, como revelam os quatro livros que tem publicados: “Quem é Jesus?”; “Será que eu posso ser feliz?”; “Cristianismo dia a dia”; “Politicamente incorreto”.

Sem contar a publicação do folheto de sucesso em Itaguaí: “A Palavra do Pastor”, com tiragem de 10 mil por semana, que abordava questões políticas e sociais.

Galeria de Fotos